Significado da Menção DOP

É o nome de um produto cuja produção, transformação e elaboração ocorrem numa área geográfica delimitada com um saber fazer reconhecido e verificado.

Porquê desenvolver e proteger os produtos alimentares?

- Para incentivar a produção agrícola diversificada.

- Para proteger os nomes do produtos contra imitações e utilizações indevidas.

- Para ajudar os consumidores, fornecendo-lhes informações relativas às características específicas dos produtos.

Consagração da DOP MEL da Serra da Lousã

- A actividade apícola pratica-se desde tempos imemoriais nas montanhas e vales da Serra da Lousã e Concelhos Limítrofes.

- A Lousãmel encetou um processo de definição da zona de abrangência do Mel da Serra da Lousã, bem como das suas características específicas.

- A Denominação de Origem, obtida pelo Despacho n.º 27/94 de 17 de Janeiro, no âmbito do Reg. (CEE) 2081/92 e do Despacho Normativo n.º 47/97 de 30 de Junho, encontra-se consagrada pelo uso face, por exemplo às referências históricas referentes na toponímia local – Colmeal, Malhada Chã, Malhadizes, Mestras, Vale de Cortiços, Vale de Abelhas, Vale de Colmeias.

Concelhos da área da Denominação de Origem Protegida :

- ARGANIL

- CASTANHEIRA DE PÊRA

- FIGUEIRÓ DOS VINHOS

- GÓIS

- LOUSÃ

- MIRANDA DO CORVO

- PAMPILHOSA DA SERRA

- PEDRÓGÃO GRANDE

- PENELA

- VILA NOVA DE POIARES

Características

COR

De âmbar escuro a quase negro.


AROMA E SABOR

O néctar das urzes acentua profundamente o odor do mel, revelando um paladar intenso e alguma adstringência, que o caracteriza bem.

Origem Floral – Mel MONO FLORAL

- Nectários florais da flora espontânea regional.

- Essencialmente à base de urzes – Erica spp.

- Com maior ou menor presença de castanheiro.


CARACTERÍSTICAS QUÍMICAS

Humidade: inferior a 20 %

Sacarose: inferior a 5 %

Açúcares Redutores: superior a 65 %

Cinzas Totais: inferior a 0,6 %

Substâncias Insolúveis na água: inferior a 0,1 %

Acidez Total Máxima: inferior a 40 meq/kg

Índice Diastásico: superior a 10

Hidroximetilfurfural (HMF): inferior a 35 mg/kg

Dados relativos à Produção

O número de colmeias tem vindo a aumentar. Relativamente ao mel produzido e certificado, pode-se inferir que está bastante dependente das condições de clima e de flora decorrentes em cada ano, não sendo sempre directamente proporcional ao número de colmeias.

Desde 1994 a Denominação de Origem Protegida do Mel da Serra da Lousã tem vindo a dar provas de constituir uma mais-valia na classificação da produção. Assistiu-se a um aumento de colmeias certificadas e quantidade de mel produzido na ordem dos 100%.. São estes valores que nos levam a crer que estamos no caminho certo da evolução e da prosperidade na produção de um produto endógeno de qualidade amplamente consagrada.

Serra da Lousã e a Produção de Mel

A Serra da Lousã constitui a extremidade sudoeste da Cordilheira Central e é caracterizada pela sua altitude (1204m), fortemente sulcada por uma rede ramificada de vales, paisagem típica de grande parte do relevo das Beiras, e declives abruptos no seu rebordo noroeste.

O seu ponto mais alto denomina-se Alto do Trevim. Toda a Serra é constituída por xistos - desde os argilosos, passando pelos mosquetados até aos grauvaques. Aparecem também pequenos afloramentos graníticos.

As características edafo-climáticas, a existência de uma área de flora melífera que dá origem ao tão apreciado mel de urze, a atracção das pessoas por tão nobre actividade, que vêm no contacto com as abelhas um motivo de descontracção, lazer e proximidade com a natureza, fazem da Serra da Lousã uma região com enorme potencial para o desenvolvimento da Apicultura.

Certificação

Qual a importância da certificação?

O produtor pode comunicar com objectividade as características de um produto e o modo como foi obtido, abrindo assim o acesso ao mercado mais adequado.

O comerciante constitui um argumento de venda, ajudando na diferenciação e selecção de produtos alargando a oferta.

O consumidor tem uma garantia da qualidade, nomeadamente de que aspectos relevantes do produto, a que não tem directamente acesso, foram controlados, podendo escolher de acordo com as suas expectativas.

OPC - Organismo privado de certificação

O Mel da Serra da Lousã - DOP, tem como organismo responsável pela sua certificação.

MARCA DE CERTIFICAÇÃO
Conheça a nossa marca de certificação

Image